• CHAVES
Ricardo Soares quer vitória em Alvalade para passar dos 40 pontos 20-05-201714:12
noticias
Ricardo Soares cumpriu este sábado a última conferência de imprensa enquanto treinador do Chaves. Apesar de só ter chegado à 15.ª jornada, deixou marca no clube e contou com todos os jogadores presentes atrás de si na sala de imprensa, surpresa de que «não estava à espera». Não confirmou que o Aves seja o seu próximo destino. «Só sei que neste momento não tenho clube», disse.   O Chaves termina a temporada em Alvalade, frente ao Sporting, mas o nome do adversário não lhe afasta o desejo de passar os 40 pontos - o Chaves tem agora 38. De resto, ainda não perdeu com os leões esta temporada, em dois jogos disputados.  «Antes de mais agradecer aos meus jogadores, não estava à espera desta surpresa. Quero agradecer ao clube, aos adeptos. Aos jogadores, agradeço o vosso empenho, dedicação, esforço. Com a minha saída é um ciclo que se fecha, espero que o Desportivo continue a crescer».  «Vencer em Alvalade era fundamental, se acontecer fazemos 41 pontos, este grupo fala nos 40 pontos desde o primeiro dia. É perfeitamente alcançável, mas dificil pela qualidade do adversário. Para mim é indiferente que seja o Sporting, mas causa sempre impacto maior», disse.  Voltando a um pequeno balanço da temporada, Ricardo Chaves lamenta ter «colocado a fasquia muito alta»: «Pus a fasquia muito alta e não chegámos lá. Os ensinamentos que levo sao grandes, cresci aqui como treinador. Mas saio com sentimento de missão cumprida. Quando vim o que io presidente pediu foi 34, 35 pontos, isso garantia a permanência, que era fundamental para que clube continue a crescer, mas o objetivo era 40. Levo alguma tristeza, poderiamos ter feito mais. Pensava ir à final da Taça, nao foi possível, queria também estar mais próximo da Liga Europa, também nao aconteceu...»  O treinador disse ainda que o facto de a comunicação o ter «colocado» em vários clubes nesta reta final «tirou foco» ao grupo, lamentando também as saídas de jogadores e lesões que os impediram de aproveitar o plantel na sua plenitude.  «Colocarem-me em vários clubes retirou foco à equipa. Só sei que neste momento nao tenho clube», disse, sem confirmar que vá assumir o Aves - que luta ainda para ser campeão da Liga 2 - na próxima temporada.
Fonte : abola
Academia de futebol


comentários
Não foram introduzidos comentários a está notícia!


Sports TrainingQueres colaborar?TacticalPad
PUB
PUB
Mundo do TreinadorTacticalPadSericertimaBairrinformáticaTacticalPad
AcademiaAcademiaFalta informação?
AcademiaInstalminhopatrocinadores (energigas)
TacticalPadSports TrainingEnergigas24