• GERAL
Jorge Sousa lesionado desde 14 de janeiro
07-04-201609:47
noticias
Octávio Machado, diretor do Sporting para o futebol, disse, em declarações ao canal do clube, que o processo a Slimani foi pensado pelo Benfica para que Jorge Sousa não apitasse mais jogos do clube da Luz. «Jorge Sousa apitou dois jogos do Benfica e o Benfica perdeu os dois. Temos a questão do Slimani. 

O caso foi colocado para que Jorge Sousa não apitasse mais jogos do Benfica, é um caso concreto. Jorge Sousa foi afastado porque o Benfica nunca garantiu 100 por cento de sucesso com Jorge Sousa», disse Octávio Machado.   É verdade que desde o jogo de Alvalade para a Taça de Portugal não mais o árbitro da AF Porto dirigiu nenhum jogo do Benfica, mas A BOLA sabe que não se deve a qualquer caso, apenas ao facto de Jorge Sousa estar lesionado desde 14 de janeiro, dia em que recebeu ordem clínica para parar toda a atividade, estando desde aí a ser acompanhado por José Carlos Noronha, médico da Seleção Nacional. 
Ou seja, há muito não apita nenhum jogo do Benfica nem de qualquer outro clube.  

O último mapa de nomeações do Conselho de Arbitragem da FPF dá Jorge Sousa como indisponível devido a lesão, problema físico que o levou mesmo a ser dispensado pelo Comité de Arbitragem da UEFA do curso realizado em fevereiro no Chipre.  

Esta tem sido, de resto, uma época atípica, marcada por lesões, para aquele que foi considerado o melhor árbitro português em 2014/2015. A 10 de setembro de 2015, num treino dos árbitros profissionais realizado no Luso, Jorge Sousa sofreu uma entorse nos ligamentos do tornozelo direito. Esteve quase dois meses a recuperar (foi mesmo substituído num jogo da Liga dos Campeões para que estava nomeado para 15 de setembro), voltando ao ativo em novembro. 

Daí até janeiro esteve em oito partidas das provas nacionais: : Estoril-Académica (Liga, dia 6), Feirense-Marítimo (Taça da Liga, dia 15), o tal Sporting-Benfica (Taça de Portugal, dia 21) e Portimonense-Olhanense (Liga 2, dia 28). 

Em dezembro apitou apenas duas partidas — Nacional-FC Porto (Liga, dia 13) e Arouca-Marítimo (Liga, dia 19) —, tal como em janeiro de 2016: Feirense-Chaves (Liga 2, dia 3) e Sporting-SC Braga (Liga, dia 10). E em mais três partidas para que foi nomeado pela UEFA: : Israel-Chipre, em seleções A, a 10 de outubro, BATE Borisov-Barcelona (Liga dos Campeões), a 20 do mesmo mês, e Gent-Zenit, também da Champions, a 9 de dezembro.  Contudo, há dois meses que não dirige qualquer partida, por estar clínicamente impedido de fazê-lo.
Fonte : abola
Academia de futebol