• GERAL
Liga à espera de chumbo da fusão já anunciada
23-12-201211:40
noticias
NEGÓCIO ENTRE A SPORT TV, ZON E MEO

A Olivedesportos, empresa controlada por Joaquim Oliveira, vendeu os direitos das transmissões televisivas do futebol nacional à Sport TV enquanto a PT, através da Meo, quer juntar-se à Zon na estrutura da Sport TV.


A Sport TV até aqui pertencia em partes iguais a Joaquim Oliveira e à Zon. Num futuro próximo, Oliveira poderá controlar 50% da empresa, a Zon 25% e a Meo 25%. Ou seja, as duas grandes plataformas de TV por cabo juntam-se ao homem que tem controlado os direitos televisivos em Portugal, o que põe em causa o projeto da Liga de centralizar os direitos televisivos num ambiente de concorrência.


No entanto, Record sabe que os responsáveis da Liga acreditam que esta fusão não irá passar na Autoridade da Concorrência por constituir “uma violação flagrante” da concorrência, de que é exemplo a cláusula de exclusividade sobre os direitos televisivos. Se esta fusão se concretizar, o mercado dos direitos televisivos ficará fechado e os clubes deixarão de ter margem de manobra na negociação.


A Liga, por outro lado, não vai desistir da queixa contra a Olivedesportos, atual detentora dos direitos, que apresentou na Autoridade da Concorrência, estando atenta ao novo processo que está em curso e que, na perspetiva dos seus responsáveis, representa “a completa canibalização dos direitos televisivos”. A Liga contesta também o facto de a empresa que detém direitos televisivos dos clubes em alguns casos até 2021 deter participações importantes em algumas SAD.


Os especialistas da Liga estão atentos e preparados para contestar esta fusão anunciada há menos de uma semana, acreditando que não será possível um conteúdo Premium como o futebol ser controlado pelos principais “players” do mercado.

Fonte : Record.pt
Academia de futebol